Site Autárquico de Ovar

CMOvar inaugurou Arranjo da Zona Lúdico-Desportiva

Obras e Projetos

Comemorações do 33º Aniversário de elevação de Cortegaça a Vila

24 de setembro de 2018

Cortegaça celebrou, no passado domingo, o 33º aniversário de elevação a Vila, com uma sessão solene no novel Centro Cívico, que contou com as intervenções dos presidentes da Câmara e Assembleia Municipal de Ovar e da Junta e Assembleia de Freguesia de Cortegaça, culminando com a inauguração do Arranjo Urbanístico da Zona Lúdico-Desportiva de Cortegaça, uma obra de proximidade que contribui para a melhoria das acessibilidades e da mobilidade daquele local.

Representando um investimento municipal de cerca de 80 mil euros, esta empreitada consistiu no arranjo urbanístico da área exterior ao Gimnodesportivo de Cortegaça, através da criação de passeios, da construção de parque de estacionamento para 91 lugares e da implantação de um caminho de ligação ao Parque de Merendas e ao Ringue Desportivo.

Salvador Malheiro, presidente Câmara Municipal de Ovar, sublinhou que “esta obra tem de ser vista no quadro global da nossa estratégia para o futuro”, explicando que “Olhamos para o nosso património ambiental, para as nossas riquezas naturais, para o nosso património cultural e arquitetónico e temos o propósito de dinamizar e fomentar a economia local. Não somos fanáticos ao ponto de impedir que nada seja feito, mas estamos ao lado de um dos ex-libris do património natural do concelho, o Parque Ambiental do Buçaquinho, um espaço de grande impacto local, regional e até nacional”. Revelando que “há uma estratégia para esta zona, na qual se inclui o Parque de BTT, o Centro Escutista que proporcionará uma ligação ao Parque do Buçaquinho, potenciando ainda a forte dinâmica do Futebol Clube de Cortegaça. Penso que temos todas as condições para termos aqui um exemplo do que é colocar o ambiente a trabalhar em prol da economia, do desporto, do bem-estar e até a educação dos mais novos.” Concluindo que “Tudo isto resulta, uma vez mais, da simbiose perfeita que existe entre os autarcas municipais e os autarcas de freguesia”.