Português

ok
Descarga no Rio Cáster | CMOvar atua de imediato no âmbito das suas competências

Tendo sido alertada para a ocorrência de uma descarga de grande dimensão no Rio Cáster, na passada segunda-feira, dia 14 de agosto, a Câmara Municipal de Ovar, através da Divisão de Ambiente,  de imediato, efetuou diligências no sentido de descobrir o foco de poluição, tendo identificado como possível causa a descarga, de emergência, de efluente  da rede em alta da SIMRIA, ocorrida em zona florestal, de difícil acesso, no concelho de Santa Maria da Feira. O Município  agiu e solicitou, assim, à Águas do Centro Litoral (SIMRIA) a assunção de medidas urgentes para fazer cessar esta descarga no Rio Cáster. Em simultâneo, foram informados a ARH Centro – APA (Agência Portuguesa do Ambiente) e GNR, entidades competentes para autuação nesta matéria.
 
Posteriormente, em resposta, a Águas do Centro Litoral informou que o problema resultou de uma obstrução no Emissário do Cáster, o qual foi resolvido no dia 15 de agosto de manhã, tendo nessa altura sido restabelecidas as condições normais de funcionamento daquela Estação Elevatória, o que já se pode confirmar.
 
Reafirmamos, mais uma vez que o Ambiente é prioritário para a Câmara Municipal de Ovar, que está atenta e continuará a atuar no âmbito das suas competências, sobretudo de fiscalização,  acionando os mecanismos legais existentes e adequados à resolução de cada situação. 


Entidades Financiadoras Créditos
Comentários e sugestões: site@cm-Ovar.pt /\ Copyright © 2018 Câmara Municipal de Ovar